quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Novidade Asa: "A Fórmula do Amor"

Título: A Fórmula do Amor 
AutoresFrancesc Miralles e Alex Rovira
Editora: Edições ASA

Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 326
P.V.P: 14,31 € 

Sinopse:
Existe uma força poderosa que pode mudar a nossa conceção do universo e da própria vida. Albert Einstein descobriu-a através de uma equação matemática. Estranhamente, decidiu mantê-la secreta. Mas a bela e enigmática Sarah e o desencantado Javier estão decididos a desvendar o último enigma de Einstein. A sua única pista: a filha secreta do génio alemão, que pode possuir a chave do mistério. De Zurique a Belgrado e Nova Iorque, Sarah e Javier seguem os passos do cientista mais famoso de todos os tempos, numa missão perigosa e surpreendente. O que ignoram é que a sua aventura em busca da Grande Revelação será acima de tudo uma viagem à descoberta das profundezas de si próprios…
Uma experiência metafísica e iluminadora, um romance que nos abre as portas de um mundo invisível e transformador: o nosso coração.

Sobre o autores:
Álex Rovira 
É licenciado em Ciências Económicas e tem um MBA pela ESADE. Para além de leccionar e dirigir seminários para executivos em diferentes instituições académicas, é um dos directores e sócios-fundadores da Salvetti & Llombart, uma empresa catalã de consultadoria que conta entre os seus clientes algumas das principais multinacionais e ONGs europeias e americanas. 

Francesc Miralles
Filho de uma modista e de um administrativo muito dado às artes e às letras, Francesc Miralles nasceu em Barcelona em 1968. Estudou Jornalismo na Universidade Autónoma de Barcelona, mas abandonou o curso passados 4 meses para trabalhar numa taberna do bairro gótico onde aprendeu a tocar piano. Voltou à universidade após um ano, onde estudou Filologia Inglesa. Viciado em viagens desde jovem, decidiu então deixar tudo e vaguear pelo mundo. Ao regressar a Barcelona, retomou a vida académica. Não só completou a licenciatura como ainda fez um mestrado em Edição de Livros. Ingressou no mundo editorial primeiro como tradutor, e depois como editor. Teve uma preenchida carreira editorial de 3 meses que serviu de inspiração ao seu primeiro romance em Castelhano, Barcelona Blues, e o levou a tomar uma decisão: não voltar a trabalhar numa empresa. Tem-se dedicado à escrita, embora também exerça funções de assessor literário e consultor em várias editoras.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Wishlist

 

Este ano ainda não comprei nenhum livrinho, não só porque se está em período de contenção, mas também porque tenho muitos livros por ler e pouco tempo para pegar neles. De qualquer modo, quero comprar estes dois assim que possível: "Infinito", da Alyson Noël, e "Êxtase", da Lauren Kate. E vocês, que livros tencionam comprar em seguida?

I still haven't bought any book this year , not only because it is a dificult period, but also because I have many books to read and little time to do it. Anyway, I want to buy these two as soon as possible: "Everlasting" by Alyson Noël, and "Rapture", by Lauren Kate. And you, which books to you want to buy next?

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Clipping Perdidos






Apresentação de Perdidos

É oficial: no próximo sábado, dia 2 de fevereiro, vou estar no auditório da Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal para uma apresentação do meu livro "Perdidos". A sessão está agendada para as 16h30 e está aberta a todos os interessados em assistir e participar.

Conto convosco!

Mais detalhes aqui:

domingo, 27 de janeiro de 2013

Livros&Blogues


Nome: Desejos de Alma
Administradora: Ivonne Zuzuarte


OI! QUANDO CRIASTE O TEU BLOGUE E O QUE TE MOTIVOU A FAZÊ-LO?
Olá Rute, obrigada pelo convite! Criei o blogue no dia 7 de Setembro de 2012, o que, feitas as contas, perfaz quatro mesinhos! J Sempre tive o bichinho dos blogues e da leitura, mas parei após entrar na faculdade, em 2009. Fiquei mais de 3 anos sem ler um livro e sem ‘bloggar’ nada. Em Abril/Maio de 2012, duas amigas/colegas de faculdade, que também são bloggers e a quem muito agradeço, reiniciaram-me neste mundo. A paixão pela leitura e pela escrita reacendeu-se e assim surgiu o blogue ;)

FALA-NOS UM POUCO SOBRE O TEU BLOGUE.
Há quem diga que é uma “lufada de ar fresco”. Eu cá não sei, mas que me tem dado gozo escrever nele, lá isso tem. O blogue não tem rubricas definidas, é pessoal com uma ligeira vertente literária, por isso, podem encontrar pequenos textos meus. Podem encontrar opiniões, num tom descontraído, como “se estivéssemos num café a trocar opiniões”. Umas são maiores, outras mais pequenas (mas são igualmente boas, cof-cof J). Podem encontrar os meus Devaneios sobre temas que me dão na gana escrever, seja em relação à blogosfera em si, às leituras, às opiniões, a ter um blogue, etc. Faço também uma compilação de dicas que me ajudam a desempenar na escrita e que me inspiram (softwares, sites, blogues de autores, frases e vídeos interessantes, entre outros)…

RELATIVAMENTE AOS OBJETIVOS QUE ESTABELECESTE PARA O TEU BLOGUE, O QUE APONTARIAS COMO MAIS FÁCIL E MAIS DIFÍCIL DE CONCRETIZAR?
Para ser sincera, não estabeleci objetivos para o blogue. Confesso, pronto. Não criei muitas expetativas, nem sequer sou exigente nem ambiciosa. Quando o criei, só queria um espacinho; a blogosfera é grande e há espaço para todos. O mais fácil tem sido criar e manter a minha voz como blogger. E acho que isso se nota bem nas minhas opiniões e nos posts, pelo menos, nos mais recentes. Falar com outras pessoas, sejam seguidores, autores ou bloggers. O mais difícil: arranjar tempo para postar e criar posts. Com a faculdade, o tempo tem sido cada vez mais escasso e mesmo que deixe posts agendados, quando vou a ver, puf... Foram-se todos. É… o tempo adora pregar-nos partidas.

QUE FEEDBACK TENS TIDO DO TEU TRABALHO NO BLOGUE POR PARTE DOS INTERNAUTAS, E ATÉ DOS PRÓPRIOS AUTORES E EDITORAS?
As visitas têm aumentado devagarinho. Os seguidores também, tanto no blogue como no facebook. E gosto que assim seja. O blogue tem tido cada vez mais comentários, o que me deixa muito feliz! Podem falar mal à vontade, eu não censuro comentário nenhum, até respondo a todos. Deixam-me todos com um sorriso. O feedback que tenho recebido tem sido mais no facebook e conversas privadas, a maioria sobre as opiniões. Dizem que gostam da minha escrita (e eu fico babada, claro!). Como referi… há quem diga que é “uma lufada de ar fresco”. Face a isto, que mais posso eu dizer? (Nada, pois já falei demais. Que fazer? Sou uma tagarela.). Feedback dos autores… conheci bastantes, dizem que gostam das opiniões e da divulgação que faço. Prefiro acreditar que é verdade, mas estou sempre recetiva a quem me quiser ensinar para melhorar. Nem que seja para dizer “Ivonne, tens isto mal e aquilo péssimo. Não gosto. É melhor mudares!” J Em relação às editoras, não tenho parcerias, apenas uma colaboração muito ocasional como uma.

QUE ASPIRAÇÕES TENS PARA O TEU BLOGUE EM RELAÇÃO AO FUTURO?

Para o futuro… espero que continuem a visitar o blogue e a gostar do que lá coloco. Quem quiser, está à vontade para se tornar seguidor, claro! Serão bem-vindos. Espero, de igual forma, continuar a apreciar o que tenho feito. De que nos serve bloggar sem paixão? Espero também continuar a conhecer autores e novos autores, a ajudá-los na divulgação, o melhor que eu puder e souber. Eles merecem isto e muito mais! A contactar com outros bloggers e a trocar opiniões. Nada me dá mais prazer do que ver outras pessoas a gostarem de livros dos quais eu não gostei muito e falarmos sobre isso. Porquê? Dá-me a possibilidade de olhar com outros olhos para livro x ou y e isso, parecendo que não, torna-nos multifacetados e mais maleáveis e ‘sensíveis’ aos pontos de vista dos outros. E, pronto, agora que já falei tudo – e demais até! – quero agradecer-te pelo convite! Muito obrigada Rute. Btw, adoro a borboleta que tens no banner! Já disse que adoro o bichinho? Pois…


sábado, 26 de janeiro de 2013

Divulgação: Os seres anónimos da cidade ganham vida no mais recente livro da Alphabetum


LIVRO DE POESIA "BOM NORTE" É APRESENTADO NA IGREJA DE S. LOURENÇO (CARNIDE)
O livro de poesia "Bom Norte", com a chancela da editora Alphabetum e da autoria do escritor com o mesmo pseudónimo, é lançado no próximo dia 26 de Janeiro (sábado), às 15h30, na Igreja de S. Lourenço, em Carnide (Lisboa, de onde é natural o autor), numa cerimónia única, envolta por um registo espiritual apropriado ao ambiente do local. A apresentação da obra estará a cargo da escritora Fátima Marinho.
A obra de estreia de Bom Norte aborda temáticas interligadas, dando voz e rosto a seres anónimos, obrigando a poesia a separar-se do seu lado romântico. Nesta lógica, o autor tornou a cidade narradora dos seus poemas para “espalhar a voz muda do mais triste ser amordaçado que dorme em camas por fazer”.

O espaço geográfico e as raízes são de tal modo primordiais, que a escolha da expressão Bom Norte para pseudónimo e título da primeira obra, surgiu através da junção de dois locais existentes em Carnide: Rua do Norte e Quinta do Bom Nome. Aliás, “a cidade é o cromossoma necessário à minha consolidação como indivíduo” revela, acrescentando que “o meu nome é o meu Norte e a minha arte é a frágil fuga dos meus sentidos”.

A apresentação do livro decorrerá na Igreja de S. Lourenço, cuja beleza e simplicidade serviram de inspiração para aquela que será a primeira aparição pública da sua obra literária, apresentada por Fátima Marinho, autora também editada pela Alphabetum.

O livro pode ser adquirido na Fnac, Bertrand e com 10% de desconto na loja online da Alphabetum, em http://www.alphabetum.pt

Sobre Bom Norte

Nascido em 1963 em Carnide, na cidade de Lisboa, cedo demonstrou uma sensibilidade artística conjugada com a sede do conhecimento. Radioamador por paixão, os conhecimentos de eletrónica que adquiriu tornam-no, em 1998, inventor, tendo mesmo registado uma patente de modelo de utilidade nacional: “Abastecimento de energia elétrica aos contentores de sistemas fotovoltaicos”.

Eclético, participou na exposição coletiva “Jovens Pintores de Domingo” do Diário de Notícias e, em 2007, num documentário do realizador brasileiro Sérgio Oksman, tendo posteriormente participado com o realizador na seleção dos locais de filmagem do documentário sobre a vida da fadista Mariza do Biography Channel, intitulado “Mariza My Fado”.

O pseudónimo Bom Norte representa a força e serve de capa ao escritor. Nas suas palavras, “é a face visível de alguém que quer passar oculto, mas escrevendo sobre tudo o que lhe atormenta a alma”.


Sobre a Alphabetum Edições Literárias



A editora carateriza-se pela aposta exclusiva em novos talentos, promovendo a carreira dos autores no mercado literário e online, privilegiando uma estreita colaboração com os mesmos, assim como a gestão personalizada de cada obra.

Em dois anos, tempo que serviu de adaptação ao mercado, pesquisa de talentos e leitura dos trabalhos recebidos, mais de uma dezena de livros viu a luz da edição. Para este ano, está prevista a edição de obras de 22 novos autores, para além da edição de mais seis obras de autores já publicados pela editora, num total de 35 autores representados.


A porta encontra-se aberta a todos os géneros literários: crónica, romance, conto, poesia, infanto-juvenil, entre outros. Vocacionada para um público eclético e de diferentes faixas etárias, a editora publica igualmente as suas obras em áudio e em Braille, por forma a que sejam inclusivas e acessíveis a cidadãos com necessidades especiais.



A Alphabetum distingue-se igualmente pelo forte apoio a causas sociais, acarinhando atualmente a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 (APPT21) e a Fundação do Gil, para as quais revertem parcial ou inteiramente os proveitos de duas das suas obras “À Procura de Um Lugar” e “O Mistério das Coisas Erradas”, de Fátima Marinho.

Os livros da Alphabetum estão disponíveis na Fnac, Bertrand, livrarias locais em zonas geográficas próximas dos autores e no website http://alphabetum.pt, com 10% de desconto.


Ficha Técnica do livro


Título: Bom Norte

Editora: Alphabetum - Edições Literárias

Autor: Bom Norte
Pintura da Capa: Malu Anciloto
Coordenação Editorial: Graça Pereira
Edição: Janeiro de 2013

N.º Páginas: 224

Preço: 16,00€

Dowload de imagens (capa do livro, fotos do autor e PDF Ficha Apresentação):

http://www.4ventos.net/press/?id=28&view=374

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

“Quem Paga o Estado Social em Portugal?” apresentado em Sines



O livro “Quem Paga o Estado Social em Portugal?” vai ser apresentado na Biblioteca Municipal de Sines no dia 1 de fevereiro, pelas 21h30. Para os interessados, o evento é de entrada livre ;-)

«Quem paga o Estado Social? Onde nos leva esta crise económica? O Estado de bem-estar social europeu tem futuro? Dívida pública: dívida de todos ou negócio de alguns? Tais questões pontuam este livro, que instiga ao questionamento daqueles que trouxeram as economias dos nossos países ao atual estágio da crise, com desastrosos resultados para a maior parte da população, e que procura provar, com números e factos, que os trabalhadores portugueses contribuem para o Estado Social com o necessário para pagar a sua saúde, educação, bem-estar e infraestruturas. Raquel Varela, investigadora do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa e coordenadora desta obra, e Renato Guedes, investigador da Faculdade de Ciências de Lisboa, um dos seus autores, estarão em Sines para a apresentação pública do livro, seguida de debate aberto.»

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Selo 2013 Literário



A Alyra Richards, do blogue 'My Stuff', atribuiu-me o selo "2013 Literário"; por essa razão, agradeço-lhe.

Ora, ditam as regras que quem receber este selo deve indicar no mínimo dois livros que gostou de ler em 2012 e pelo menos três que deseje ler em 2013, embora não exista limite máximo de livros a serem indicados.

Também é preciso dizer o nome e o link de quem recebeu o selo e oferecê-lo a mais de 10 pessoas,dando assim sequência ao projeto de incentivo à leitura.

Então, aqui vai:

* Livros que mais gostei de ler em 2012:
Gostei da trilogia das 50 Sombras de Grey e, principalmente, da saga "The Demon Trappers, da Jana Oliver

* Livros que pretendo ler em 2013:
Ler em 2013 vai ser complicado, mas gostava ler "Criatura Maravilhosas" e a série "Fallen", da Laren Kate.


Entrego este selinho aos blogues:
3 - Morrighan
5 - Voyage

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

WOOK nos 100 melhores sites do mundo




«A revista norte-americana Internet Retailer Magazine coloca a livraria online portuguesa na lista HOT 100 a nível mundial para 2013.

A maior livraria online portuguesa, a WOOK, foi eleita pela revista norte-americana Interner Retaleir Magazine para a lista "HOT 100 E-RETAILERS 2013", sendo mesmo a única empresa portuguesa a merecer essa distinção. 
Numa lista onde se encontram empresas de renome mundial como a Amazon, a Barnes&Noble, a Apple, a Google Play, a WOOK é destacada por tornar o processo de compra extremamente fácil, nomeadamente na compra de manuais escolares. "A WOOK.pt conseguiu simplificar o processo de compra de livros escolares", justifica a revista, numa alusão ao sistema inovador criado pela WOOK e que consiste na possibilidade de encomendar os livros através de um mapa interativo que dá acesso aos livros adotados em todas as escolas portuguesas.
A Internet Retailer Magazine destaca, ainda, a solução desenvolvida pela WOOK para a compra e leitura de ebooks, que permite ao cliente desfrutar da leitura de livros digitais nos mais diversos dispositivos smartphone, tablet e em PC e Mac. 
Segundo a Internet Retailer Magazine, a seleção para este top anual é feita com base em critérios qualitativos e não quantitativos, sendo eleitos os sites de comércio eletrónico que apresentam conceitos inovadores e que sirvam de exemplo para outros sites. 
A WOOK, que pertence ao Grupo Porto Editora, tem uma oferta próxima dos oito milhões de produtos – livros, ebooks, software e filmes – incluindo toda a edição portuguesa e milhares de títulos espanhóis, ingleses e franceses. 

* A lista HOT 100 descrita pelo editor: 

* A categoria que inclui a WOOK: 



FONTE DA NOTÍCIA

Novidade Casa das Letras: Na Sombra do Destino, J.R.Ward



Título: Na Sombra do Destino: Irmandade da Adaga Negra - Volume VIII
Autor: J. R. Ward
Editora: Casa das Letras
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 722
P.V.P: 17,01 € 


Sinopse:
John Matthew percorreu um longo caminho desde que o encontraram a viver com os humanos, desconhecendo, por completo, a sua natureza vampírica. Quando foi resgatado pela Irmandade, ninguém podia imaginar qual era a sua história ou a sua verdadeira identidade. Na realidade, Darius, o Irmão caído, retornou, mas com um rosto diferente e um destino completamente marcado. Quando uma violenta vingança pessoal arrasta John até ao coração da guerra, ele terá de contar não só consigo próprio mas também com quem ele foi antes. Só assim poderá enfrentar e erradicar o mal encarnado.
Xhex, uma assassina symphath, há muito que lutava contra a atração que sentia por John Matthew. Já tendo perdido um amante para a loucura, ela não permitirá que nenhum outro homem que ame fique preso na escuridão da sua vida perversa. Contudo, ambos descobrem que o amor, tal como o destino, é inevitável para as almas gémeas.

Sobre o autor:
J. R. Ward vive no Sul dos Estados Unidos com o seu marido incrivelmente generoso e o seu amado golden retriever. Depois de se ter formado em Direito, começou a sua vida profissional na área da saúde, em Boston, tendo passado muitos anos como chefe de equipa de um dos centros clínicos do país. A escrita foi sempre a sua paixão, e a sua ideia de Céu é um dia inteiro com mais nada além do seu computador, o seu cão, e a caneca de café.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Passatempo "O Beijo dos Elfos"



O novo livro de Aprilynne Pike, "Ilusões", já está à venda em Portugal. Para quem não tem os dois volumes anteriores, vamos promover dois passatempos para que tenham a oportunidade de os ganharem. Comecemos então com "O Beijo dos Elfos".




Para participarem no passatempo, há que seguir estes passos:

1) Tornar-se seguidor do Blogue (basta clicar na opção "aderir a este site" que se encontra na barra lateral esquerda sob o título "Seguidores/ Followers");

2) Responder às perguntas do formulário.


O passatempo termina à meia-noite de 4 de fevereiro, sendo válida apenas uma participação por morada. O vencedor será selecionado aleatoriamente através da Random.Org e anunciado no dia seguinte.


NOTA: O passatempo terminou a 4 de fevereiro. Veja aqui quem é o vencedor.

Hoje nas livrarias





Título: A Marca do Herege
AutoraSusana Fortes
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 224
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04437-2
Comprar AQUI


SINOPSE
A descoberta do cadáver de uma jovem na Catedral de Santiago de Compostela cai como uma bomba na cidade. Ao mesmo tempo desaparece um manuscrito de Prisciliano, o grande herege galego. O comissário Castro ocupa-se de ambos os casos com a ajuda de dois jornalistas determinados: Laura Márquez, uma jovem bolseira que chega à cidade fugindo dos seus próprios fantasmas, e Villamil, um repórter veterano e meio anarca que já conheceu dias melhores na profissão. Uma trama em ritmo crescente onde se cruzam ecologistas, peregrinos, professores universitários, tubarões das finanças e padres que fazem as suas próprias apostas de salvação numa cidade levítica.

A AUTORA
Licenciada em Geografia e História pela Universidade de Santiago de Compostela e em História da América pela Universidade de Barcelona, Susana Fortes reside atualmente em Valência, conjugando o ensino com o jornalismo e a crítica de cinema.
Os seus romances estão traduzidos em 12 línguas e obtiveram numerosos prémios. Em Portugal, estão publicadas as suas obras Querido Corto Maltese, Ternos e Traidores, Fronteiras de Areia, O Amante Albanês eQuattrocento – A Conspiração Contra os Médicis.

NOTA: Susana Fortes é uma das convidadas do encontro Correntes d’Escritas 2013, que se realiza em fevereiro na Póvoa de Varzim.

domingo, 20 de janeiro de 2013

Livros&Blogues| Books&Blogs


Nome: I Heart YA Books
Administradora: Debbie


ENTREVISTA COM A DEBBIE

OLÁ! QUANDO NASCEU O TEU BLOGUE?
Comecei o meu blogue literário em janeiro 2011.

QUE RAZÕES TE LEVARAM A CRIÁ-LO?
A principal razão pela qual criei um blogue literário creio que foi por causa da minha filha. Ela escreve romances para jovens adultos (YA), e falávamos sobre livros o tempo todo, por isso a minha filha disse “mãe, devias criar um blogue e criticar livros”. Foi o que fiz e adorei.

O QUE PODEM OS VISITANTES ENCONTRAR NO BLOGUE?
As pessoas que visitam meu blogue podem encontrar: críticas literárias, blog tours, posts de promoção de autores, revelação de capas e passatempos com oferta de livros.

QUE BALANÇO FAZES DESDE QUE CRIASTE ESTE ESPAÇO ATÉ HOJE?
Antes de eu criar o meu blogue, lia o tempo todo, tipo 5 livros por semana. Agora continuo a ler, mas também conheço outros blogueiros, leitores que gostam de lertanto quanto eu, e agora trabalho com autores e conheço-os. É muito diferente.

QUAIS AS MAIORES DIFICULDADES QUE ENCONTRASTE ENQUANTO BLOGGER?
Acho que as maiores dificuldades de um blogue de livros é a quantidade de tempo que tem de se investir. Eu leio 24 horas, 7 dias por semana; ao contrário de quando comecei a criticar livros, o que fazia no meu tempo, isso agora tomou conta da minha vida. Estou feliz por os meus filhos estarem crescidos e por ter um marido muito amoroso e compreensivo.

QUAL A MAIOR ALEGRIA QUE O TEU BLOGUE TE DEU?
Oh, essa é uma pergunta fácil de responder. Quando um autor ou editor me diz que adorou o meu comentário, que eu entendo o livro, e bem, quando vejo citações de comentários meus nos seus livros, sites, ou em trailers. Isso deixa-me realmente maravilhada. Mas a maior alegria que tive foi quando a Harlequin Teen me enviou um e-mail a dizer que iam usar as minhas opiniões em dois dos seus livros que saem em 2013. Fiquei nas nuvens. É nessas alturas que sentimos que ser blogger de livros e todas as longas horas despendidas valem a pena.


INTERVIEW WITH DEBBIE

HI! WHEN WAS YOUR BLOG BORN?
I started my book blog in Jan. 2011

WHAT REASONS LED YOU TO CREATE IT?
The main reason I guess I started a book blog was because of my daughter. She writes Young Adult novels, and we would talk about books all the time, so my daughter said, Mom, you should start a blog and review books. I did and have loved it.

WHAT CAN VISITORS FIND IN YOUR BLOG?
People visiting my blog can find: book reviews, blog tours, author promotion spotlights, cover reveals, and book giveaways.

HOW DID THINGS GO SINCE YOU CREATED THIS SPACE UNTIL TODAY?
Before I created my blog I read all the time, it's all I did, like read 5 books a week. Now I still read, but I also meet other book bloggers, readers who love reading books as much as I do and I work with authors now and get to know them. Very different.

WHICH WERE THE BIGGEST DIFFICULTIES YOU FOUND AS A BLOGGER?
I guess the biggest difficulties being a book blog is the amount of time you have to invest. I read 24/7, so when I first started out reviewing books it was on my time; it has now taken over my life. I'm just glad my kids are grown and I have a very loving and understanding husband.

WHAT’S THE GREATEST JOY YOUR BLOG HAS GIVEN YOU?
Oh, that's an easy question to answer. When an author or publisher tells me they loved my review, that I understand their book, and well, when I see quotes from my review on their books, websites, or in their book trailers. That really blows my mind. But the greatest joy I had is when Harlequin Teen emailed me and said they were going use my reviews for two for their books coming out 2013. I was on cloud nine, that's when being a book blogger and all the long hours feels worth it.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Divulgação Porto Editora


Título: Se os mortos não ressuscitam
Autor: Philip Kerr
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 480
Editora: Porto Editora
P.V.P: 16,92€
Comprar AQUI 


Philip Kerr é um dos principais autores do policial histórico da atualidade, conhecido por eleger a Alemanha do Terceiro Reich como um dos seus cenários prediletos. Se os mortos não ressuscitam, que já está à venda nas livrarias, é o segundo livro do escritor britânico na Porto Editora.
A história de Se os mortos não ressuscitam tem início na Berlim nazi, atmosfera que o autor descreve com especial e reconhecida mestria. A trama passa depois para a Cuba dos anos cinquenta, onde o protagonista, o detetive Bernie Gunther, se irá cruzar com figuras de um passado que tenta ocultar a todo o custo.
Os livros de Philip Kerr estão traduzidos para 28 idiomas e no catálogo da Porto Editora figura já O Projecto Janus. Se os mortos não ressuscitam foi galardoado com o Prémio Internacional de Novela Negra RBA, o mais lucrativo do mundo para a ficção policial, entre outras importantes distinções.
Sobre a obra:
Berlim, 1934. Os nazis garantiram a realização dos Jogos Olímpicos de 1936, mas enfrentam grande resistência estrangeira. Hitler e Avery Brundage, o presidente do Comité Olímpico dos Estados Unidos, tudo fazem para tentar encobrir o antissemitismo nazi e assim convencer a América a participar nos Jogos. Bernie Gunther, agora detetive num dos hotéis mais conceituados de Berlim, vê-se arrastado para este mundo de corrupção internacional, enredado entre as várias fações do aparelho nazi.
Havana, 1954. Fulgencio Batista, apoiado pela CIA, acabou de subir ao poder. Fidel Castro foi preso e a Máfia americana ganha poder sobre a indústria do jogo e da prostituição. Bernie, recentemente expulso de Buenos Aires, reemerge em Cuba com uma nova identidade, decidido a levar uma vida de relativa paz. No entanto, quando se depara com duas figuras do passado – um pérfido assassino dos tempos de Berlim, que pouco depois é misteriosamente assassinado, e uma antiga amante que, ao que tudo indica, poderá ser a responsável pelo crime –, percebe que não tem como lhe fugir.

Sobre o autor
Philip Kerr nasceu em Edimburgo em 1956 e estudou Direito na Universidade de Birmingham. Colabora assiduamente em publicações como o Sunday Times, o Evening Standard e o New Statesman. Para além dos catorze romances publicados, escreveu uma série de livros juvenis com o pseudónimo de P. B. Kerr. Traduzido em 25 idiomas, galardoado com inúmeros prémios importantes e com várias obras adaptadas ao cinema e à televisão, Philip Kerr é um dos nomes mais consagrados do policial inglês. Este seu romance mereceu o Prémio Internacional de Novela Negra RBA, o Ellis Peters Historical Dagger, da Crime Writers’ Association, e o Barry Award. No catálogo da Porto Editora figura já O Projecto Janus, outro livro protagonizado pelo detetive Bernie Gunther.

Página do autor: www.philipkerr.org

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Maria do Rosário Pedreira venceu o Prémio Literário Fundação Inês de Castro



«Maria do Rosário Pedreira venceu o Prémio Literário Fundação Inês de Castro, iniciativa que distingue anualmente obras de expressão literária sobre motivos do mito «inesiano», com «Poesia Reunida», publicado em Setembro de 2012 pela Quetzal.

«Poesia Reunida» reúne as obras anteriormente publicadas pela autora («A Casa e o Cheiro dos Livros», «O Canto do Vento nos Ciprestes» e «Nenhum Nome Depois»), além do inédito «A Ideia do Fim».

A cerimónia de entrega do prémio está agendada para o dia 2 de Março, na Quinta das Lágrimas, em Coimbra.

O júri do Prémio Literário Fundação Inês de Castro foi composto por José Carlos Seabra, Mário Cláudio, Fernando Guimarães, Frederico Lourenço e Pedro Mexia

Divulgação "Clube de Autor" - janeiro



Passageiro do fim do dia, de RUBENS FIGUEIREDO
(NOTA: Autor estará em Portugal no mês de fevereiro)
PVP: 13,80 € • 192 Páginas

O romance vencedor do prestigiado Prémio PT Literatura 2011 é um livro sobre várias viagens. A primeira começa quando Pedro, o passageiro do fim do dia, apanha o autocarro do centro da cidade rumo à periferia para ir ter com a namorada. É hora de ponta e a viagem demora. Dá tempo para ler e também para deixar correr os pensamentos.
Pedro é um observador. Uma pequena cicatriz no cotovelo do homem que está sentado à sua frente, ou o longo suspirar da mulher que segue ali ao lado, são pequenos detalhes que (nos) prendem a atenção e fazem voar, para logo regressar(mos) ao livro de Darwin e às notícias da economia que Pedro ouve no pequeno rádio a pilhas. Observando o que se passa dentro do autocarro, e também na rua, Pedro é, terminada a viagem, um homem diferente, alguém mais atento às desigualdades sociais, mais conhecedor e mais crítico. O passageiro do fim do dia é por isso literatura, sociologia e política. Numa alegoria plena dos dramas urbanos contemporâneos, Rubens Figueiredo oferece ao leitor um retrato do Brasil atual, desigual, fervilhante, e uma história que revela a beleza delicada de uma escrita sobre a periferia pobre da cidade grande: uma espécie de panela de pressão de violência e de crueza no fundo de verdade que é o osso da vida.

Rubens Figueiredo 
Rubens nasceu em 1956, no Rio de Janeiro, cidade onde mora. Formado em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é professor de português e tradutor de obras de Tchékhov, Turguéniev e Tolstói, entre outras. Contista e romancista, é autor, entre outros livros, de As palavras secretas (contos, 1988, prémio Jabuti), Barco a seco (romance, 2001, prémio Jabuti), Contos de Pedro (contos, 2006) e O livro dos lobos (contos, 2009).


Os Inocentes, de DAVID BALDACCI
#1 do New York Times, O novo livro do maior autor do thriller internacional
PVP: 17,90 € • 436 Páginas

Depois de uma missão que o leva da Europa à América, Will Robie regressa ao palco maior da política internacional com o objetivo de eliminar os inimigos suspeitos da paz mundial. Denise Tamaron, funcionária pública e mãe de dois filhos, é o próximo alvo a abater. Mas Robie não é capaz de puxar o gatilho. Denise parece-lhe uma vítima improvável, e por que razão representa ela uma ameaça? Tendo falhado a missão, Robie põe-se rapidamente em fuga. E não é o único. Ao fugir da cena do crime, Robie cruza-se com uma adolescente em fuga de um lar adotivo. Mas Julie não é uma jovem comum — os pais foram assassinados e a sua vida está em perigo e é por isso que Robie decide ajudá-la a descobrir a verdade acerca dos pais. Só que à medida que Robie investiga o passado da jovem, mais convencido fica de que ela é o centro de uma conspiração que atinge as mais altas esferas do poder... E por isso, desta vez, Robie vai ter de trabalhar em equipa para poder salvar a vida de ambos.Os Inocentes é um livro viciante — cenas repletas de ação, personagens dinâmicas e complexas e a dose certa de sedução e mistério — que, no final, vai deixar o leitor a questionar os seus próprios valores. Ora confirme.

David Baldacci 
Baldacci nasceu em 1960, na Virgínia, onde reside atualmente. Do seu currículo faz parte um impressionante número de bestsellers, entrando frequentemente no primeiro lugar da lista dos mais vendidos do New York Times. As suas obras estão traduzidas em mais de 45 idiomas e presentes em cerca de 90 países, sendo Baldacci um dos escritores mais populares em todo o mundo. É também o cofundador, juntamente com a sua mulher, da Wish You Well Foundation, uma organização não lucrativa dedicada à promoção da literacia nos Estados Unidos.


Marco da literatura portuguesa no regresso da coleção 'Os Livros da Minha Vida'
José Eduardo Agualusa escolhe obra-prima de Eça de Queirós 'Os Maias'
PVP: 11,90 € • 632 Páginas

«Há livros que nos transformam. Os Maias arrastou-me para a escrita. Tornei-me escritor por contágio, deslumbrado com a possibilidade de produzir luz e emoções. (…) A passagem dos anos apenas acrescentou interesse à obra.» José Eduardo Agualusa in Prefácio

Os Maias é o novo e o quinto título da coleção «Os Livros da Minha Vida». Esta é uma coleção que visa destacar alguns dos livros que ao longo dos séculos marcaram a sua época, entraram para a História da Literatura e, por qualquer razão, se tornaram especiais para determinada personalidade pública. José Eduardo Agualusa vem assim juntar-se a Teresa Patrício Gouveia (Mrs. Dalloway), Francisco Pinto Balsemão (O Grande Gastby), Miguel Sousa Tavares (A Ilha do Tesouro) e Eduardo Marçal Grilo (O Corsário Negro). Eça de Queirós publicou Os Maias, considerada a maior obra do autor e um dos grandes clássicos da literatura portuguesa, em 1888, onde conta a história de uma família (Maia) ao longo de três gerações. É através desse romance que Eça compõe um retrato mordaz e acutilante do Portugal da época, centrado na visão da alta sociedade lisboeta. Inovador no estilo e na técnica narrativa, Os Maias é o livro mais ambicioso de Eça, que o considerou a sua obra-prima. Eça de Queirós é considerado um dos maiores romancistas da literatura portuguesa, o primeiro e principal escritor realista português, renovador profundo da prosa literária nacional.


Os Ingredientes Secretos da Felicidade, MELISSA SENATI
Um romance saboroso, feito de pasta e emoções
PVP: 12,90 € • 224 Páginas

Os ingredientes secretos da felicidade é um desses livros que têm a cozinha como palco e a vida como inspiração. Quem chega de coração vazio parte dele com a alma (e o estômago) repleto de coisas boas e doces recordações. Holly é a protagonista da história, uma história que sabe a tiramisu, esparguete à bolonhesa e lasanha e queijo ricota. E não, não se passa em Itália. É em Blue Crab Island, terra onde Camilla tem um afamado restaurante e dá aulas de culinária, que tudo acontece. Pouco depois de chegar a esse lugar especial da sua infância, Holly perde a avó e herda a famosa escola Camilla’s Cuccinota onde acaba por encontrar consolo e descobrir um novo talento. Através das receitas especiais da avó, que incluem sempre a adição de um desejo ou a evocação de uma memória, Holly vai criando a sua própria receita para a felicidade, uma receita temperada com muita esperança, perdão, amizade e, por fim, generosamente polvilhada de amor. Para ler (ou devorar) longe da cozinha.

Sobre o livro:

«Um romance sobre comida, família e recordações, marcado pela ternura.» l Library Journal

«Uma história inteligente e sensível.» l USA Today

«Melissa Senate aborda o tema do amor e das recordações de uma forma envolvente, salientando a importância do conforto proporcionado pela comida.» l Publisher’s Weekly

Melissa Senate 
Melissa é autora de dez romances, incluindo o sucesso de vendas See Jane Date já adapatado para uma série televisiva. É também autora de contos editados em várias coletâneas.


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Relançamento de "Perraultimato"


A Editorial Presença relança este mês "O Perraultimato - Viveram Felizes Uma Vez, Livro I", de Filipe Faria. Aqui ficam os dados sobre o mesmo:





Título: O Perraultimato - Livro I
Autor: Filipe Faria
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 264
Editora: Editorial Presença
ISBN: 9789722348287
Coleção: Felizes Viveram Uma Vez

Sinopse
As estórias são conhecidas de todos: sapatinhos de cristal, maçãs envenenadas, príncipes encantados e lobos maus; e todos sabem que, no fim, os que mereciam viveram felizes para sempre. 
Então porque é que isso não aconteceu? Porque é que o mundo parece virado do avesso? E porque é que toda a gente age como se nada fosse? São essas as perguntas que atormentam Borralheiro, um dos poucos que sentem que algo de profundamente errado se passou, e o único que se predispõe a ir em busca de respostas. Respostas essas que lhe chegam às mãos na forma dos versos crípticos do misterioso Perraultimato, que o lança numa demanda em busca da verdadeira essência das estórias. 
Acompanhado por quatro outras figuras do imaginário popular europeu — a imprevisível Capuchinho, o misterioso Aprendiz, a atormentada Vasilisa e o perigoso Burra — Borralheiro embarca numa inesquecível aventura neste primeiro volume da distopia folclórica «Felizes Viveram Uma Vez».

Filipe Faria
Filipe Faria nasceu em 1982, em Lisboa. Frequentou a Escola Alemã de Lisboa desde o jardim de infância até completar o 12º ano de escolaridade. O contacto e convívio com aquela cultura de origem germânica, tão diferente da nossa, possibilitou a abertura de novos horizontes. Impulsionado pelo forte interesse demonstrado pelo período negro da Idade Média, e pela descoberta algo fortuita de uma verdadeira relíquia na biblioteca escolar - a Tolkien Bestiary -, cultivou, desde cedo, a paixão pela literatura fantástica. As «Crónicas de Allaryia» assinalam a sua estreia no mundo literário. Uma obra que nasceu de uns esboços de uma aventura, iniciados hà cerca de quatro anos, que lentamente ganharam corpo e forma e evoluíram para um livro de quase 600 páginas. Em 2001 foi o vencedor do Prémio Branquinho da Fonseca, organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian e Jornal Expresso. Em 2002 ganhou o Prémio Matilde Rosa Araújo - Revelação na Literatura Infantil e Juvenil. Actualmente encontra-se a frequentar o curso de Línguas e Literaturas Modernas na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. E o resto é uma história ainda por escrever…


terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Etiquetas| Tags


Conforme alguém me fez notar, o meu blogue não tinha etiquetas nos posts. E porquê? Por nenhuma razão em especial; simplesmente não tinha sentido essa necessidade. No entanto, um dos visitantes apontou-me que era preferível que começasse a metê-las, pois facilitar-lhe-ia a pesquisa no blogue. Também me foi pedido que criasse um campo de pesquisa, pedido este a que acedi.
Assim sendo, na coluna da esquerda, entre a listagem de seguidores e o arquivo do blogue, está o campo de pesquisa e a lista de etiquetas (que contém apenas as mais usadas, uma vez que elas são mais de 300, pois pu-las em TODOS os posts desde que o blogue nasceu...). Espero que isto vos ajude. 
Já agora, que mais gostariam de ver no blogue, desde funcionalidades a rubricas? Deixem comentário, pois o vosso contributo é importante! 


As someone pointed out, my blog had no tags on posts. And why? For no particular reason, I just hadn't felt the need. However, one of the visitors pointed out to me that it was preferable to begin to put them, because it would facilitate the research on the blog. I was also asked to create a search field, which I did.
Therefore, in the left column, between the followers and the blog archive, there's the search field and also the list of labels (which contains only the most often used, since they're over 300, because I added them to EVERY post I wrote since the blog was born...). I hope this will help you.
By the way, what else would most like to see on the blog, from functionalities to features? Leave a comment, because your suggestions are important!